27 de nov de 2016

Fundação Ulysses Guimarães debate Reforma do Ensino Médio

assis
A Assembleia Legislativa foi palco, na tarde desta terça-feira (22), da “Mesa de Debates sobre a Reforma do Ensino Médio”. O evento, que aconteceu no auditório Fernando Falcão, foi promovido pela Fundação Ulysses Guimarães e contou com a participação do deputado Roberto Costa (PMDB) e de alguns dos mais renomados pensadores da educação do Maranhão e Brasil, onde discutiram sobre a temática.
De acordo com o deputado Roberto Costa, o debate é de suma importância, pois é um tema extremamente moderno e que tem sido pauta de discussão em todo o País, principalmente com interesse da juventude brasileira.
“Que a gente hoje possa ouvir o ponto de vista de cada um, de quem é a favor e de quem é contra a reforma, e que tenhamos conhecimento para darmos a nossa posição em relação ao tema de fundamental importância na vida dos brasileiros”, acentuou.
Ele disse ainda que a educação brasileira precisa urgente que algo seja feito, porque as avaliações oficiais mostram que o Brasil precisa fazer mudança. “Precisamos de mudanças para assegurar melhorias na nossa qualificação, principalmente para os nossos jovens e o debate vem exatamente para unir o útil ao agradável”.
O parlamentar ainda falou da necessidade de toda a sociedade estar atenta ao tema, tendo em vista que “é um tema que vai determinar de uma forma muito clara o futuro da nação. A mudança no ensino médio e os avanços que poderão ocorrer ou não quem pagará por esse resultado é o País, por isso é necessário que a sociedade brasileira participe dos debates sobre o tema”, explicou.
Assis Filho, presidente da Fundação Ulysses Guimarães, contou que a reforma do ensino médio é necessária para dar um novo modelo na educação brasileira, apesar de ser um debate que gerou muita polêmica no meio acadêmico e na sociedade como um todo.
“A Fundação tem a preocupação de levar a formação política e discutir temas atuais, por isso promover o primeiro debate no Maranhão sobre esse tema é tão importante”, avaliou.
Assis adiantou que dia 30 de novembro será realizado um Seminário Nacional sobre o tema, com a presença do ministro da Educação, Mendonça Filho; representantes de todos os estados brasileiros; estudantes e professores. Também garantiu presença na primeira votação no Congresso Nacional pela comissão mista (formada por seis deputados federais e seis senadores).
DEBATES
O professor da UFMA com especialização em Sociologia das Interpretações do Maranhão, Saulo Pinto Silva, explanou as razões políticas e educacionais que demonstram o descabimento à proposta de reforma apresentada pelo Governo Federal. Já o professor e especialista em Gestão da Educação Pública pela Universidade Federal de Juiz de Fora, Wisley João Pereira, buscou o convencimento do público, defendo uma tese favorável à reforma.
A mesa de debates teve a pretensão de ampliar conhecimentos, discutir conceitos, criar novas direções para determinadas ideias e permitir que as pessoas exponham as mais diversas opiniões sobre o tema, com um olhar educacional.
REFORMA
O Governo Federal encaminhou ao Congresso Nacional uma Medida Provisória (MP Nº 746) que trata da Reforma do Ensino Médio, que é um conjunto de medidas que alteram o modelo de educação aplicado nesta etapa do ensino básico atualmente e visa tomar essa fase mais atrativa para o aluno e diminuir os altos índices de evasão.
MESA
Além do deputado Roberto Costa e de Assis Filho, estiverem presentes na mesa de abertura do evento o superintendente da Funasa, André Campos; o secretário adjunto de Juventude, Paulo Romão; o vereador eleito de Governador Nunes Freire, João Costa; representando os professores da rede pública de ensino, professor Didimo; o presidente do Grêmio do Liceu Maranhense, Luiz Guilherme; representando a Students For Liberty da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Mila Sampaio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo