19 de dez de 2016

Homem que matou adolescente de 15 anos é preso com nome falso no Socorrão

Por volta das 00:30 do dia 18 de dezembro de 2016 ocorreu um fato em que chamou a atenção dentro do Hospital Socorrão I.
Walter Almeida Júnior, o Waltinho foi atingido com um tiro na cabeça porém deu entrada com nome falso no hospital. Ele se identificou como Diego Felipe Cantahende.
Depois de várias buscas dentro do hospital, ele foi localizado em uma cadeira e ao ser indagado disse que se chamava Diego mas abaixava sempre a cabeça para não ser reconhecido. Diante a situação duvidosa ele foi algemado e preso pelo delegado Walter Vanderley.
Contra ele há um mandado de prisão expedido pelo juiz Gilberto de Moura Lima da 2a Vara do Tribunal do Juri. Waltinho matou o menor de 15 anos Thiallisson na presença da mãe, dentro de uma rede, na casa da vítima.
No dia do crime, a mãe do menor assassinado chegou a implorar para que Waltinho não matasse seu filho. “Não mata meu filho, miserável”, disse a mãe.
O fato ocorreu no dia 26 de março de 2016 por volta das 2h na Rua João Castelo, número 26, no Anjo da Guarda. O menor foi morto com três tiros à queima roupa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo