18 de jan de 2017

Contratada da Alumar demite 71 trabalhadores sem justa causa e não paga verbas trabalhistas

A empresa Sempre Verde Ltda, que presta serviços de limpeza e conservação à Alumar/Alcoa, demitiu sem justa causa 71 trabalhadores, sem efetuar o pagamento das verbas rescisórias e do décimo terceiro salário de 2016. O Sindicato dos Metalúrgicos de São Luís (Sindmetal) notificou extrajudicialmente a Alumar/Alcoa para que efetue o bloqueio de qualquer crédito devido à empresa e utilize os valores para quitar todas as verbas trabalhistas dos demitidos pela terceirizada.
No dia 2 de dezembro, os empregados receberam aviso prévio sobre a dispensa e fim das atividades a partir do dia 1º de janeiro. Segundo a Consolidação das Leis do Trabalho – CLT as verbas rescisórias nos casos de demissão sem justa causa do empregado devem ser quitadas até o primeiro dia útil subsequente ao término do contrato, ou seja, os empregados deveriam ter recebido tais parcelas até o dia 02 de janeiro de 2017, o que não foi efetuado ou justificado por nenhuma das empresas – contratante ou contratada.
O presidente do Sindmetal, José Maria Araujo, ressalta que as obrigações não honradas pela empresa Sempre Verde são de responsabilidade solidária da Alumar, que também deve arcar com a obrigação pelos pagamentos, também de acordo com a CLT e a Convenção Coletiva de Trabalho dos metalúrgicos. “Esperamos resolver as pendências de forma amigável para garantir aos trabalhadores o recebimento de seus direitos o mais breve possível”, assinala.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo