23 de jan de 2017

Nova decisão do TJ deve garantir posse de Dr. Washington em Bacuri

Uma decisão do desembargador Raimundo Barros, do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), deve garantir a posse de Dr. Washington (PDT) como prefeito de Bacuri.
Nesta segunda-feira (23), ele deferiu um pedido de desistência formulado pelo Município, o que acabou tornando sem efeito liminar concedida pelo desembargador Antônio Bayma.
O pedetista disputou a eleição subjudice porque teve as contas de 2010, quando ainda era prefeito da cidade, reprovadas pelos vereadores em maio de 2016.
No dia 11 de dezembro de 2016, no plantão, o desembargador Guerreiro Jr. havia suspendido os efeitos do decreto legislativo que confirmara a reprovação e garantido a possibilidade da declaração de Washington como prefeito eleito (saiba mais).
Esta decisão havia sido invalidada pela liminar de Bayma, concedida no dia 14 de dezembro (reveja).
Ocorre que o despacho baseava-se em pedido formulado por advogados nomeados pelo ex-prefeito José Baldoíno da Silva Nery que na data do protocolo já havia sido cassado.
“Devo considerar o pedido de desistência do Município de Bacuri, eis que o pedido cautelar foi proposto por um prefeito que não mais representava o município em questão. […] Ante o exposto, homologo o pedido de desistência do presente pedido cautelar incidental, […] cessando os efeitos da liminar anteriormente concedida e, por via de consequência, restabeleço os efeitos da decisão liminar concedida pelo eminente desembargador Antônio Pacheco Guerreiro Júnio”, destacou Barros.
O desembargador já comunicou a decisão ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Maranhão, que deve, assim, efetivar a diplomação de Dr. Washington como prefeito eleito de Bacuri.

Um comentário:

  1. a vontade do povo deve ser respeitada,queremos Dr.Washington em Bacuri.

    ResponderExcluir

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo