22 de fev de 2017

Morre bebê encontrado dentro de caixa de papelão na Vila Janaína

WhatsApp-Image-2017-02-21-at-11.11.36
Morreu ontem, no fim da tarde, no Hospital Materno­-Infantil, o bebê do sexo masculino, com algumas horas de vida, que foi encontrado na manhã de ontem dentro de uma caixa de papelão, na porta de uma residência na Vila Janaína, em São Luís. Ele havia sido transferido à tarde do Hospital da Criança para o Hospital Materno­-Infantil.

De acordo com a equipe médica responsável pelo caso, a criança apresentava quadro clínico grave, sujeito a cuidados especiais, mas não resistiu. A transferência da criança da unidade municipal para o Materno foi acompanhada por O Estado. Pelo menos seis profissionais, entre técnicos de enfermagem, enfermeiros e médicos foram responsáveis pelo procedimento.
A criança foi colocada em uma incubadora especial e transportada em uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Após seguir pelas avenidas dos Franceses e Luiz Rocha, a ambulância conduzida pela equipe do Samu chegou ao Materno-­Infantil sem enfrentar congestionamento e por um trajeto que durou aproximadamente 10 minutos.
Ao chegar à unidade, por volta das 15h15 de ontem, o bebê foi imediatamente encaminhada para a UTI pediátrica da unidade de saúde, onde morreu horas depois.
A polícia apura no momento quem abandonou a criança. As investigações visam encontrar a mãe do bebê. De acordo com o Código Penal Brasileiro (CPB), abandono de pessoa que seja incapaz de se defender dos riscos resultantes do abandono resulta em pena de detenção que pode variar entre seis meses e três anos.
Segundo vizinhos, a criança estava enrolada em um pano e, ao ser encontrada a comunidade acionou a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros para o resgate. Depois do resgate, ela foi transferida para o Hospital da Criança, onde recebeu os primeiros cuidados.
Do Estado

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo