3 de mai de 2017

Delegado é baleado na cabeça em Tucuruí

Delegado é baleado na cabeça em Tucuruí (Foto: Reprodução)
O delegado Carlos Eduardo Paisani foi baleado na cabeça, na tarde desta terça-feira (02), durante uma operação realizada na Vila Nova Esperança, distante 70 km de Tucuruí, no sudeste paraense. De acordo com informações da Polícia Civil, o delegado e outros dois investigadores apuravam um homicídio com característica de execução.

Paisani foi socorrido e levado para o Hospital Regional de Tucuruí, onde passou por avaliação.  A equipe médica pediu a transferência da vítima para Belém.
Até a hora da última atualização da reportagem, o delegado encontra-se a caminho da capital de ambulância. O estado de saúde do policial não foi informado e não há previsão de hora da chegada, nem o hospital que ele será transferido em Belém.
ASSASSINO ESTAVA ESCONDIDO NO LOCAL E FEZ OS DISPAROS
Após localizarem o corpo, receberam a informação de que o autor do crime estava escondido em uma barraca. Chegando ao local, os policiais cercaram a área, mas foram recebidos com vários tiros que vinha de dentro da mata. 
Os disparos, feitos de uma espingarda, atingiram o pescoço e a cabeça do delegado. Os outros dois policiais revidaram, porém não atingiram o autor ou autores dos disparos.O delegado Carlos Eduardo Paisani foi baleado na cabeça, na tarde desta terça-feira (02), durante uma operação realizada na Vila Nova Esperança, distante 70 km de Tucuruí, no sudeste paraense. De acordo com informações da Polícia Civil, o delegado e outros dois investigadores apuravam um homicídio com característica de execução.
Paisani foi socorrido e levado para o Hospital Regional de Tucuruí, onde passou por avaliação.  A equipe médica pediu a transferência da vítima para Belém.
Até a hora da última atualização da reportagem, o delegado encontra-se a caminho da capital de ambulância. O estado de saúde do policial não foi informado e não há previsão de hora da chegada, nem o hospital que ele será transferido em Belém.
ASSASSINO ESTAVA ESCONDIDO NO LOCAL E FEZ OS DISPAROS
Após localizarem o corpo, receberam a informação de que o autor do crime estava escondido em uma barraca. Chegando ao local, os policiais cercaram a área, mas foram recebidos com vários tiros que vinha de dentro da mata. 
Os disparos, feitos de uma espingarda, atingiram o pescoço e a cabeça do delegado. Os outros dois policiais revidaram, porém não atingiram o autor ou autores dos disparos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo