4 de jul de 2017

Em Santa Luzia do Paruá: Perseguição política disfarçada de falsa burocracia tem "engessado" o empreendimento LOTEAMENTO PINHEIRENSE


De uma forma nunca vista na cidade antes, procedimentos tidos como praxe dentro da administração municipal se tornaram para lá de burocráticos e com uma certa dose de politicagem se tornaram um verdadeiro desafio praticamente intransponível para empresários que não rezam a cartilha da atual gestão. O destaque neste contexto vale para o fato de que os mesmos procedimentos tidos como importantes e essenciais pela atual gestão não são seguidos caso o empresário faça parte do rol de apoio ao grupo que atualmente governa Santa Luzia do Paruá. Mesmo cientes de que os entraves se dão por questões políticas já que o dono do empreendimento (Zequinha da Pinheirense) faz parte de um grupo político que não apoiou a atual gestão, os responsáveis amigavelmente trataram de enviar oficios para a Secretaria Municipal de Meio Ambiente com objetivo de resolver o que tivesse que ser sanado para que as vendas pudessem seguir, o problema é que apesar dos inúmeros oficios enviados, a Secretaria de Meio Ambiente seguiu sem atender aos oficios com a solicitação de um check-list com os entraves a serem resolvidos. A impressão que se tem é que todo o procedimento se tornou burocrático para dificultar ao máximo as vendas de lotes no local já que para muitos empreendimentos no mesmo setor não estão sendo exigidos o mesmo rigor pelo órgão, curiosamente, empreendimentos de empresários aliados do atual prefeito de Santa Luzia do Paruá. Perseguição política ou excesso de burocracia? O fato é que a atual gestão não tem demonstrado nenhum empenho em resolver o problema que aparentemente não está nos tramites legais e que segue causando mal estar e provando que a politicagem ainda impera na cidade. 
O impasse que se arrasta há dias foi denunciado tanto pelo maior empresário da cidade como pelo Presidente da Câmara de Vereadores, José Pessoa de Menezes o "Dequinha". Em discurso proferido na última sessão, o vereador expôs as controvérsias e aquilo que chamou de perseguição política explicita contra empresários que não apoiaram a eleição do atual prefeito.

Via Cidade Verdade

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo