11 de dez de 2017

Filho acusado de matar pai ex-prefeito de Barra do Corda teve a frieza de comparecer ao velório, chorar e confortar a mãe, irmãos, amigos e simpatizantes

Um ato de frieza e insensibilidade, assim se mostrou o ex-candidato a prefeito, Júnior do Nenzim, após matar o próprio pai ex-prefeito Nenzim, em Barra do Corda.

Júnior como mostra a foto acima, teve a frieza de comparecer ao velório após crime que é acusado de cometer, além disso teve a indecência de confortar a mãe e irmãos em um ato de frieza cruel.

De acordo com secretário de segurança, Jeferson Portela, após ser baleado dentro do carro, a vítima demorou 38 minutos para chegar a UPA de Barra do Corda, sendo que a distância para unidade hospitalar gastaria no máximo 5 minutos para chegar. Ainda de acordo com secretário, em imagens de segurança e possível ver que o filho da vítima vai em vários lugares antes de ir para o hospital com pai baleado na nuca, que na ocasião exigia um socorro imediato.

O caso revoltou a população de Barra do Corda que cercou a delegacia para linchar o filho do ex-prefeito acusado de matar o pai.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo