28 de fev de 2018

Esposas de militares repudiam agressão do deputado Cabo Campos à esposa

A Associação das Esposas, Familiares e Amigos dos Policiais e Bombeiros Militares do Maranhão repudiou, por meio de nota, as agressões cometidas pelo deputado estadual Cabo Campos contra sua esposa Maria José Brandão Marques Campos.
A agressão, que chegou a ser negada pelo parlamentar, foi confirmada pela procuradora da Mulher da Assembleia Legislativa do Maranhão, a deputada estadual Valéria Macedo, na última segunda-feira (26).
Campos foi enquadrado na Lei Maria da Penha por 90 dias de medidas protetivas, após determinação da juíza da 2ª Vara Especial de Violência Doméstica, Lúcia Helena Barros Helluy da Silva. Saiba mais aqui
Em nota, associação pede que sejam tomadas todas as providências necessárias para resolver o caso. “Declaramos apoio incondicional a todas às mulheres vítimas de violência doméstica, principalmente as esposas de policiais militares, sendo que as leis foram criadas para todos os cidadãos, não é porque fulano ou sicrano, são do judiciário, legislativo ou executivo, que estão acima da lei”.
A situação do Cabo Campos é cada vez pior. Desde que foi confirmada a agressão, o parlamentar não se manifestou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo