9 de mar de 2018

Polícia civil de Arame faz apreensão de 80kg maconha

A Polícia Civil da cidade Arame-MA, centro sul do Estado, a 432 km da capital São Luís, efetuou nas primeiras horas de quinta-feira, 08/03/2018, a prisão de dois traficantes que mantinham uma plantação com aproximadamente 400 pés de maconha, na Aldeia indígena Estirão, pertencente à reserva Araribóia, a 42 km da sede do município, sentido Grajaú.

A ação teve a iniciativa do IPC (Investigador de Policia Civil) Jorge Hilário e foi coordenada pelo Delegado Renilto Ferreira, titular da 15 Delegacia Regional de Barra do Corda e que responde pela cidade de Arame, após denúncia que uma motocicleta Bros 160, de cor vermelha com branca, estava sendo negociada pelo indígena conhecido como; “Zeti’u”, que na língua portuguesa significa “Muriçoca “ ou “Pernilongo”.

O suspeito informou que comprou a motocicleta na própria Aldeia por R$:1.000,00 e que a mesma foi entregue no dia anterior a quatro homens ocupantes de veículo Hilux cor branca, que se passaram por policiais e diziam ser donos da motocicleta.

Logo em seguida a equipe dirigiu-se à plantação de maconha, PITY MAHY na língua indígena, sendo encontrado uma plantação com aproximadamente 400 pés da erva. Após ser pesada rendeu 80kg.

Os indígenas agricultores foram autuados. Chamam-se ROZI YMIRA GUAJAJARA, o “Muriçoca”, 25 anos e Floriano Clemente Guajajara, o “Kele”, 40 anos. Eles foram autuados pelos art. 33, parágrafo 10, incisos I e II e Art. 35 da Lei 11.343/06. Os mesmos estão recolhidos na Delegacia de Arame e serão recambiados para Unidade Prisional de Grajaú.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo