22 de abr de 2018

Professor é executado por engano em abordagem policial

Professor é executado por engano em abordagem policial (Foto: Reprodução)professor Wilson Pires foi morto a tiros por policiais militares no município de São Miguel do Guamá, nordeste paraense, após uma abordagem policial.
O caso aconteceu na noite da última sexta-feira (20), quando o professor do município de Paragominas retornava para Belém após uma semana de trabalho.
Ao chegar a São Miguel, ele teria sido perseguido por motos da Polícia Militar que estariam a procura de um veículo semelhante ao dele, onde criminosos estariam em fuga após um assalto em um ônibus da empresa Boa Esperança.
Duas colegas que viajavam com ele, contaram que o professor se assustou ao ver os motoqueiros e acabou acelerando o veículo. A PM, então, teria atirado.
Ele ainda chegou ao hospital com vida, mas não resistiu.
A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil divulgou uma Nota de Solidariedade na qual prestou condolências aos familiares e amigos do professor Wilson Pires.
“Exigimos a apuração rigorosa e responsabilizamos do Governador Simão Jatene pelo assassinato do Professor, pois as informações que chegam são de que as motos utilizadas pela PM não possuem equipamentos Luminosos, o Giroflex, que inclusive é obrigatório; e isso pode ter influenciado na não identificação dos policiais por Wilson, já que era noite”, diz um trecho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo