12 de dez de 2018

Motorista de Uber também é preso por envolvimento no assassinato do prefeito de Davinópolis

Subiu para cinco o número de prisões dos envolvidos no assassinato do prefeito de Davinópolis, Ivanildo Paiva (PRB). A quinta pessoa presa é o motorista de aplicativo Uber, Douglas da Silva Barbosa, proprietário de um veículo Onix preto, de placa QNV-1313, Belo Horizonte(MG). Ele é suspeito de  ter levado os assassinos ao local do crime.
A polícia foi duas vezes na residência do motorista de Uber, mas não o localizou, na parte da tarde, ciente do mandato de prisão, Douglas se apresentou com advogado.
O delegado Praxísteles Martins, responsável pelo caso, informou que todos os depoimentos dos presos e outras provas irão possibilitar em um breve espaço de tempo chegar nos autores intelectuais do crime.
Na manhã desta terça-feira (11), a força tarefa responsável pela investigação do assassinato de Ivanildo Paiva já tinha efetuado a prisão de outros três acusados.
Francisco de Assis Bezerra Soares, o “Tita”, PM do Pará; José Denilton Guimaraes, o “Boca Rica”, (mecânico); Willame Nascimento da Silva, PM do Maranhão, lotado em Grajaú. E, ainda, Jean Dearlen dos Santos, o “Jean Listrado”, este último pistoleiro.
Todas as cinco prisões foram em cumprimento a mandados temporários. Dos acusados foram retirados materiais para exames biológicos.
Domingos Costa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo