21 de ago de 2019

Energia elétrica vai ficar mais barata no Maranhão

Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou, nesta terça-feira (20), a aplicação de reduções nas tarifas de quatro concessionárias que atuam em cinco Estados: Santa Catarina, Maranhão, Paraíba, São Paulo e Mato Grosso do Sul. A Companhia Energética do Maranhão (Cemar), deve reduzir suas tarifas 3,82%.

A maior queda, de 8,32%, em média, será nas tarifas da Elektro que atende 2,6 milhões de unidades consumidoras, localizadas em 223 municípios do estado de São Paulo e cinco do Mato Grosso do Sul.

Na catarinense Celesc, a ANEEL autorizou redução média de 7.80%. A distribuidora fornece energia para 3 milhões de unidades consumidoras localizadas em 264 municípios do estado de Santa Catarina.

Para os consumidores atendidos pela Energisa Paraíba, a tarifa será reduzida, em média, em 4,87%. As novas tarifas entram em vigor para 1,4 milhão de unidades consumidoras em 216 munícipios paraibanos.

Já na concessionária do Maranhão, Cemar, a redução média foi de 3,82% para 2,5 milhões de unidades consumidoras de 217 municípios Maranhenses.

Para Santa Catarina, as novas tarifas entram em vigor em 22/8. Na Elektro, passam a vigorar em 27/8 e para as distribuidoras Cemar e Energisa Paraíba em 28/8.

Dentre os itens que mais colaboraram para os índices negativos ressalta-se a redução dos custos com encargos setoriais com destaque para o pagamento do empréstimo da Conta ACR e a retirada da CDE Decreto da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo