16 de out de 2017

Assassino de pastor é preso e conta que crime teve mandante

Em operação conjunta realizada neste domingo (15), as Polícias Civil e Militar prenderam Josiel dos Santos Gonçalves Junior, acusado de matar na última quinta-feira (12) o pastor Franklin Lobato Chaves, em Igarapé Miri, nordeste do Estado.
Josiel era procurado desde o dia do crime e foi preso na zona rural de Moju. Ele foi levado para a sede da Superintendência Regional da Polícia Civil em Abaetetuba. Em depoimento, confessou o crime, mas disse que o fez a mando de outro. Ele disse também que não sabe de quem partiu a ordem. As investigações vão continuar para identificar outras pessoas que estejam envolvidas.
De acordo com o delegado Tarsio Martins, a identificação de Josiel foi feita por meio de imagens de uma câmera de monitoramento, além de informações anônimas recebidas pelos próprios policiais. A prisão do acusado foi feita sem resistência. "A família e o advogado do suspeito colaboraram na negociação de rendição com a Polícia".
A operação policial foi coordenada pelo delegado Tarsio Martins, de Igarapé-Miri, a delegada Renata Gurgel, superintendente regional do Baixo-Tocantins, e pelo major da Polícia Militar Hilton Pantoja.
Entenda o caso
O pastor da igreja Assembleia de Deus, Franklin Lobato Chaves (38), foi morto a tiros na última quinta-feira (12), no município de Igarapé-Miri, nordeste do Pará.
Segundo relatos, ele fazia um bico como vigia de um estabelecimento comercial quando foi feita a emboscada, com a chegada de uma pessoa em uma motocicleta que efetuou os disparos.
O crime aconteceu por volta das 10h na rua Coronel Vitório, esquina com a João Hipólito. Em imagens feitas pelo celular, é possível ver curiosos no local e outros que aguardavam a chegada do socorro.
Veja o vídeo:


(Com informações das Polícias Civil e Militar)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo