6 de set de 2019

Polícia encontra cadáver de mulher desaparecida há mais de 4 meses e prende suspeito do crime


A Polícia Civil confirmou que o cadáver encontrado na semana passada, em um matagal atrás do Hospital Carlos Macieira, é da mulher Elayne Ingridy Diniz Pereira, que residia em Juçatuba, em São José de Ribamar, e estava desaparecida desde o dia 16 de abril deste ano.

O suspeito de ter assassinado Elayne Pereira foi identificado como José Ribamar Silva Saraiva, conhecido como “Riba”. Ele foi preso na tarde desta quinta-feira (05) por policiais da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP).

Pelas informações da polícia, “Riba” foi a última pessoa a ser vista com Elayne no Terminal da Integração do São Cristóvão e nas proximidades do Hospital Carlos Macieira.

Após o cadáver ser encontrado, no dia 26 de agosto, não foi possível a identificação imediata, sendo feita posteriormente no IML, a partir das roupas usadas pela mulher. A partir daí, foi pedida a prisão preventiva de José Ribamar Saraiva. A prisão ocorreu por volta das 14h na residência dele, na região de Tajaçuaba.

De acordo com informações de familiares, em contato com o blog, “Riba” reside na área conhecida como Praia da Moça, na região do Unicamp/Juçatuba, em São José de Ribamar. Ele iria ser padrinho da filha de Elayne e Lázaro (esposo) e costumava frequentar a residência do casal.

O crime teria sido cometido no mesmo dia em que a mulher saiu de casa para visitar parentes, pagar contas e fazer compras.


Via Gilberto Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo