3 de out de 2019

Após repercussão negativa, governo Flávio Dino recua e desiste de ensinar artes marciais a presos

Memorando expedido pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) anuncia a suspensão do projeto voltado ao ensino de artes marciais a detentos do sistema prisional do Maranhão. O documento informa, ainda, o veto à exibição de produções cinematográficas ou filmagens de qualquer natureza e até mesmo fotografias das unidades prisionais, de custodiados e de servidores realizadas por pessoas não credenciadas/autorizadas.

O recuo, segundo a Seap, foi motivado pela necessidade de maior cautela em relação às ações que envolvam os presidiários, para que a segurança, a ordem e disciplina sejam mantidas.

Confira o memorando:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo