19 de mar. de 2020

Operadoras de TV e internet ampliam serviços gratuitos durante pandemia

Com mais pessoas em quarentena ou trabalhando remotamente, de casa, prestadoras de internet e TV a cabo decidem abrir canais e aumentar a banda larga sem cobrança. Com a pandemia de coronavírus, a recomendação é evitar locais públicos e aglomeração. Aos doentes, a orientação é quarentena. Àqueles trabalhadores que podem exercer suas atividades remotamente, a ordem é permanecer em casa. Diante desse novo cenário, as operadoras de telecomunicações decidiram ampliar os serviços para dar mais opções de lazer e de trabalho a quem está cumprindo “prisão domiciliar”. Atrelado aos bônus, as empresas apresentam campanhas de orientação para evitar a disseminação do coronavírus, uma vez que a informação é fundamental em um momento como o atual. A tecnologia garante as relações produtivas e pessoais, em um momento no qual é crucial evitar contatos, deslocamentos e aglomerações, justifica a TIM, que oferece mais conectividade em um período de maior demanda por informação, transações, trabalho, educação e entretenimento, sem custos adicionais para seus clientes.

Os clientes dos planos pós e controle receberão bônus de dados. No pré-pago, serão disponibilizados até 100 MB adicionais por dia, com um vídeo educativo sobre o Covid-19. Os planos terão mais SMS ilimitados. Como o período é de dificuldade de deslocamentos internacionais, a TIM vai liberar o dobro de dados em roaming no Estados Unidos e na Europa. “Ferramentas de trabalho remoto não terão o tráfego de dados descontados”, afirma. Para as crianças, já que as escolas e creches estão com aulas canceladas, a companhia vai liberar serviços de games e esportes e expandir a disponibilidade de outros serviços.
A Claro anunciou um pacote de ações que beneficiam clientes e não-clientes durante a pandemia. Assinantes da banda larga fixa terão a velocidade aumentada gradativamente e canais liberados de TV por assinatura sem custo. A companhia abriu a rede wi-fi pública #NET-CLARO-WIFI inclusive para quem não é cliente, desde que o usuário assista aos vídeos informativos do Ministério da Saúde/SUS sobre coronavírus.
“Cliente pré-pago que consumir toda a franquia de internet poderá ganhar bônus diário de 100 MB para continuar navegando. Também é só assistir aos vídeos informativos”, destacou a Claro, que também permite acesso sem desconto de franquia ao aplicativo Coronavírus/SUS. “O objetivo é aumentar informação e conscientização da população sobre as medidas de contenção necessárias, além de melhorar o bem-estar das famílias no período”, justificou a empresa.
A Vivo dará bônus de internet para clientes móveis e já liberou mais de 100 canais de TV. Para clientes corporativos, empresa anunciou isenção de cobrança na franquia de dados no uso de ferramentas de colaboração remota. Os bônus de internet nos planos de celular começarão a ser oferecidos automaticamente, nos próximos dias, para os clientes ativos de planos pós-pagos e controle e nas ativações e renovações da promoção Vivo Turbo no pré-pago.
“Esses planos da Vivo já contam com aplicativos de entretenimento, bem-estar e educação incluídos, sem custo adicional ao cliente, e que podem ser ainda mais relevantes neste momento, para leitura e informação”, explicou a Vivo. “Outros serviços exclusivos podem auxiliar aqueles que necessitam permanecer em casa”, acrescentou. A navegação no aplicativo Coronavírus/SUS também é gratuita.

Medidas de apoio

A Oi adotou medidas para apoiar governos e sociedade nas iniciativas de contenção do coronavírus. A operadora liberou sinal de canais de diversos gêneros para todos os clientes dos seus serviços de TV por assinatura. “No âmbito das ações de apoio aos governos, a companhia está analisando como facilitar e ampliar o acesso dos usuários às informações disponibilizadas pelas autoridades sanitárias brasileiras, com franquia gratuita de dados de banda larga para acesso de URLs prioritárias (como por exemplo de endereços de sites de instituições governamentais). Além disso, disponibilizará o envio de mensagens de texto com informações das autoridades para todos os seus usuários, de forma gratuita”, explicou.
Para os consumidores que terão que ficar em quarentena ou trabalhando em casa, a Oi liberou o sinal de canais de diversos gêneros para todos os clientes dos seus serviços de TV por assinatura (satélite e IPTV). Os sinais dos 14 canais (Nick, Nick Jr, E!, AXN, A&E, H2, Lifetime, Cinemax, Sony, os canais Telecine, Comedy Central, VH1 Megahits e Paramount) estarão abertos até 28 de março para clientes de todas as regiões do país.Continua depois da publicidade
Em nota, o SindiTelebrasil, que representa as operadoras, afirmou que “o setor de telecomunicações reconhece o seu papel viabilizador da comunicação e assistência em casos de isolamento forçado, bem como de instrumento informacional essencial no combate à pandemia e de suporte às atividades de outros setores da economia”. “Por isso, as prestadoras reforçam o seu compromisso com a garantia de conectividade, que neste período de dificuldades de deslocamento é elemento chave para viabilizar as relações pessoais, de estudo e de trabalho”, informou.
“O SindiTelebrasil se coloca à disposição do governo federal para detalhar e discutir novas medidas complementares que se fizerem necessárias e para colaborar com o Executivo ou com eventuais comitês e grupos de crise que porventura venham a ser criados”, acrescentou. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo