2 de abr. de 2020

Estudantes maranhense de medicina na Bolívia pedem ajudar para voltar ao Brasil

Um grupo de estudantes maranhenses que estuda medicina na Bolívia entrou em contato com o Blog Diego Emir, para pedir ajudar. Eles estão em quarentena total desde o dia 13 de março, e estão impossibilitados de retornar ao país. De acordo com o estudantes que se identificou por Talison Moraes, todos os voos estão cancelados e as fronteiras fechadas. Na Bolívia foi imposto o regime “ninguém sai e nem entra”, e para piorar a situação as universidades suspenderam as aulas e nem estão oferecendo o ensino pelo regime EaD (Educação a Distância). Ao longo do dia, os estudantes só podem sair de casa entre às 7h e 12h, e só podem comprar alimentos. Alguns brasileiros já estão sem recursos financeiros para permanecer no país. O consulado de Cochabamba-Bolivia, fez uma proposta de viagem até a fronteira de Puerto Quijaro, que faz divisa com o estado do Mato Grosso do Sul. Para realizar essa viagem, os brasileiros teriam que pagar um valor de mais de 500 bolivanos (cerca de R$380), sendo que o valor normal dessa viagem gastamos é de 200 bolivianos (cerca de R$152). Esta viagem seria de maneira terrestre e demoraria dois dias. Os brasileiros querem uma maneira mais justa para voltar ao país e pedem ajuda ao governo brasileiro para ajuda-los nessa situação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo