19 de nov. de 2020

Sequestradores de gerente de banco morrem em confronto com a polícia


 


Após o sequestro do gerente de um banco juntamente com sua família, dois suspeitos morreram ao trocar disparos. As vítimas do sequestro foram resgatadas nesta terça-feira (17), o crime ocorreu em Codó, a 219 km de São Luís.

Durante o confronto, os dois criminosos foram atingidos e socorridos pela própria polícia em seguida. Segundo as informações policiais, os indivíduos estavam escondidos em um matagal já no município de Caxias.

Os suspeitos, que não tiveram suas identidades reveladas pela polícia, foram levados para cidade de Caxias para serem tratados em uma unidade hospitalar, mas morreram por não resistirem aos ferimentos.

Dois revólveres com munições usados pela dupla foram apreendidos pelos militares. Apesar do confronto, a polícia não informou se haviam outros sequestradores escondidos na região da mata.

Foto: Divulgação/Polícia Militar.



Entenda o caso


Explosivos utilizados no sequestro. Foto: Divulgação/Polícia Militar.

Nesta terça-feira (17), um gerente do Banco do Brasil na cidade de Codó foi submetido a um sequestro conhecido como sapatinho, que é quando criminosos sequestram familiares para chegar ao cofre das instituições financeiras. De acordo com informações, o gerente e sua família foram feitos reféns desde o fim da noite dessa segunda-feira (16).

Via O Imparcial

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo