Contador

Antes de assumir a Seduc, Camarão já negocia fim da greve dos professores

Indicado nesta semana como novo secretário de Educação do Maranhão, o vice-governador, Felipe Camarão (PT), já negocia com o Sinproesema uma forma de se encerrar a greve da categoria.

O movimento já foi considerado ilegal pelo Tribunal de Justiça, mas parte dos trabalhadores segue em paralisação.

Nas redes sociais, Camarão relatou os resultados de uma reunião com líderes sindicais.

Veja a manifestação:

[REAJUSTE SALARIAL – COMPARTILHE A VERDADE] Estamos em diálogo aberto e franco com a categoria de professoresRealizamos ontem à tarde, reunião com o Sindicato dos Professores (SINPROESEMMA) e ouvi a cada um atentamente. Não queremos greve, pois isso prejudica nossos estudantes. Por isso, na mesa de negociação, fizemos uma contraproposta (que não foi aceita) e me dispus a avaliar tecnicamente como poderemos subir a proposta salarial e apresentar à categoria até a próxima quarta-feira, dia 8 de março. Vocês me conhecem, eu também sou professor. E o meu total compromisso, solidariedade e apoio é com a minha categoria. Hoje tomo posse novamente como Secretário de Educação e 2ª feira já estarei 100% dedicado a isso e, também, a uma educação pública de qualidade e com responsabilidade social. Avante!

Postar um comentário

0 Comentários