Após reunião, Lula decide manter Juscelino Filho como ministro

 

Igor Gadelha

O presidente Lula decidiu manter no cargo o ministro das Comunicações, Juscelino Filho (União Brasil), pelo menos por ora. A decisão foi tomada após reunião entre os dois, na tarde desta segunda-feira (6/3).

O encontro aconteceu no Palácio do Planalto e contou também com as presenças dos ministros da Casa Civil, Rui Costa, e das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, ambos filiados ao PT.

Segundo apurou a coluna, a ordem de Lula e de ministros palacianos foi para que Juscelino Filho vá a público se defender para a sociedade das denúncias feitas pela imprensa nas últimas semanas.

O titular das Comunicações já tinha começado a estratégia nesta segunda antes mesmo da reunião com Lula, quando publicou um vídeo chamandos as denúncias contra eles de “injusta distorção dos fatos”.

Também pesou a favor de Juscelino as manifestações de apoio que o ministro recebeu de diversos parlamentares de seu partido. O temor no Planalto é de que uma eventual demissão agora prejudique o governo no Congresso.

Por ora, a ordem no governo Lula é aguardar o desenrolar dos fatos e principalmente o julgamento do caso pela Comissão de Ética da Presidência da República.

Postar um comentário

0 Comentários