Filho é preso após simular o próprio sequestro para roubar R$ 150 mil em semijoias do pai

 


Três pessoas foram presas, na quarta-feira (30), suspeitos de terem forjado um roubo ao filho de um de semijoias, na cidade de Bacabal, cerca de 250 km de São Luís. Um dos presos é o próprio filho do vendedor que, segundo a polícia, teria planejado o roubo simulado.

Os três suspeitos foram localizados e presos no bairro da Cidade Operária, em São Luís, no mesmo dia do crime.

Segundo as investigações iniciais, um empresário, que trabalha no ramo de vendas de semijoias, soube que o filho havia sido sequestrado e que os criminosos teriam roubado as semijoias, avaliadas em mais de 150 mil.

A polícia foi informada de que um dos investigados teria entrado em um hotel na cidade de Bacabal, onde o filho do vendedor das semijoias estava com os bens. Em seguida, o homem levou a suposta vítima em um carro, junto com as semijoias.

De imediato, a Delegacia Regional de Bacabal iniciou as investigações e em conjunto com a Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), foi possível identificar os autores do crime.

Após trocas de informações entre investigadores de Polícia de Bacabal e São Luís, o trio foi localizado e preso no bairro da Cidade Operária.

Entre os suspeitos presos, está o filho da vítima, que teria planejado o roubo simulado juntamente com seus comparsas, sob a alegação de que o material roubado tinha seguro.

Ainda de acordo com a polícia, grande parte dos bens subtraídos foram recuperados em posse dos suspeitos. Em seus interrogatórios, os suspeitos confessaram o crime.

Um quarto suspeito de envolvimento no crime encontra-se foragido. Na casa dele, os investigadores apreenderam uma parte do material roubado e uma quantidade expressiva de maconha.

Realizados os procedimentos legais, os suspeitos foram encaminhados para o Complexo Penitenciário de São Luís, onde estão à disposição do Poder Judiciário.

Postar um comentário

0 Comentários