31 de out. de 2023

Ex-senador de RR é preso por suspeita de mandar matar mãe da filha

  • Telmário Mota é suspeito de ser o mandante do assassinato de Antônia Araújo Souza, 52, mãe de uma de suas filhas


SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ex-senador Telmário Mota, de Roraima, foi preso em Nerópolis (GO) na noite desta segunda-feira (30) após ser considerado foragido pela Polícia Civil, que realizou a operação Caçada Real para encontrá-lo.

Caçada Real é o nome da fazenda do político. 

Ele é suspeito de ser o mandante do assassinato de Antônia Araújo Souza, 52, mãe de uma de suas filhas, e foi preso pela Polícia Militar de Goiás.


A vítima foi morta com um tiro na cabeça em Boa Vista, no dia 29 de setembro. A morte ocorreu um ano após ela denunciar Mota por importunação e assédio sexual contra a filha adolescente deles, em meio à campanha de reeleição ao Senado no ano passado. Ele não se reelegeu.

A defesa do ex-senador não foi localizada.

Em entrevista no ano passado, Antônia Souza afirmou que queria Justiça para o que havia ocorrido com a filha, se referindo à denúncia por importunação e assédio sexual. "Nunca esperava isso acontecer. Eu quero Justiça. Só isso. Isso foi horrível. Um pesadelo na vida da minha filha", disse.

Na ocasião, em nota, a assessoria do senador negou a acusação alegando que queriam "a todo custo prejudicar a campanha dele".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo