17 de jan. de 2024

47,8% dos eleitores de São Luís não são nem de direita, nem de esquerda

Uma levantamento do instituto Futura Inteligência realizado em 15 capitais brasileiras mostra que São Luís está entre as que têm mais eleitores não alinhados nem com ideologias de direita, tampouco de esquerda.

De acordo com a pesquisa, 47,8% dos eleitores ludovicenses dizem não ter nenhuma ideologia preferencial.

Nesse aspecto, capital maranhense está acompanhada de outras sete: Rio de Janeiro (43,1%), São Paulo (39,4%), Fortaleza (39,8%), Recife (35,0%), Salvador (49,6%), Belém (43,4%) e Manaus (46,8%).

A esquerda não foi citada em nenhuma das cidades pesquisas como posicionamento político preferencial da maioria dos eleitores. Em sete delas, a direita é a mais popular.

As capitais em que a maioria se identifica com a direita são Goiânia (48,2%), Cuiabá (40,7%), Belo Horizonte (40,7%), Vitória (33,9%), Curitiba (42,4%), Florianópolis (43,5%) e Porto Alegre (40,0%).

Além de não ser a ideologia com a qual a maioria mais se identifica em nenhuma destas capitais, a esquerda, diga-se, só aparece no levantamento como o segundo posicionamento mais comum em uma delas: Florianópolis (23,3%). Nas demais, os direitistas e os que não têm preferência se revezam em primeiro ou segundo lugar.

O instituto de pesquisas fez um total de 14.450 entrevistas nas 15 capitais, entre novembro e dezembro. A margem de erro é de 3 pontos percentuais em Recife; 3,03 pontos percentuais em São Luís; 3,1 pontos percentuais em Belém, Belo Horizonte, Curitiba, Fortaleza, Goiânia, Manaus, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo; 3,4 pontos percentuais em Cuiabá; 3,5 pontos percentuais em Florianópolis; e 3,95 pontos percentuais em Vitória. (Metrópoles)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo