8 de jan. de 2024

Envolvidos no assassinato de turista venezuelana são presos no Amazonas

AMAZONAS- A Polícia Civil (PCAM) prendeu os envolvidos na assassinato da venezuelana Julieta Hernández, de 38 anos, que foi encontrada carbonizada na última sexta-feira (05) em uma região de mata em Presidente Figueiredo, interior do estado. A vítima havia desaparecido enquanto pedalava pelo estado em dezembro de 2023. A reportagem apurou que os suspeitos tratam-se de um casal.

A Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), o corpo foi encontrado por volta das 18h de sexta. Inicialmente os policiais localizaram partes da bicicleta que Julieta ultilizava, próximo a onde a artista foi encontrada. De acordo com SSP, o casal preso por suspeita de envolvimento no crime passará por oitivas.

CRIME

As autoridades informaram que na madrugada de 24 de dezembro, Thiago Angles da Silva abordou Julieta, que uma artista de circo em jornada para a Venezuela, empunhando uma faca enquanto ela dormia na pousada. Após imobilizá-la com um golpe, instruiu Deliomara dos Anjos Santos, sua namorada, a amarrar os pés da viajante. Relutante, a suspeita acabou roubando o celular da vítima. Além disso, o casal também levou sua bicicleta.

Conforme informado pelo delegado Valdnei Silva, da 37ª Delegacia Interativa de Polícia de Presidente Figueiredo o casal morava informalmente em uma pousada precária na cidade por aproximadamente sete meses, cercada por mato e lixo. Apesar das condições, a pousada recebia pedestres e ciclistas que percorriam a BR 174, próxima a um local de banho de rio.

Deliomara arrastou a artista por aproximadamente 15 metros e a enterrou em uma cova rasa, cobrindo o solo remexido com lixo. A polícia afirmou que quando o corpo foi desenterrado, estava com mãos e pés amarrados, impossibilitando a identificação de sinais de queimaduras devido ao avançado estado de decomposição.

MN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo