8 de jan. de 2024

Eventuais fraudes na Educação no MA são destaques no Fantástico

 

Novamente o Maranhão foi destaque negativo no programa Fantástico, da TV Globo.

No domingo (07), o programa exibiu com detalhes eventuais fraudes, supostamente cometidas por algumas prefeituras no interior maranhense, tanto na questão do EJA (Educação para Jovens e Adultos), quanto nas chamadas escolas de Tempo Integral.

De acordo com a reportagem, no Maranhão existem quase um milhão de adultos que não sabem ler ou escrever. No entanto, chamou atenção o número de alunos matriculados na EJA, no estado: 29 vezes maior que no Brasil.

No país pouco mais de meio por cento da população está matriculada nessa modalidade de ensino. No Maranhão, cidades fiscalizadas pelo Tribunal de Contas do Estado declararam ter quase 17% da população adulta estudando na EJA.

O problema é que muitos alunos matriculados em 2023 pelas prefeituras já não podem mais ir pra escola. No livro de registro de óbitos da cidade de São Bernardo do Maranhão, vários nomes de pessoas que constam como matriculadas no programa de Educação para Jovens e Adultos.

Os fiscais do Tribunal de Contas do Maranhão também descobriram que as prefeituras prestam informações falsas sobre o número de alunos matriculados em outra modalidade de ensino especial: ode tempo integral, que recebe do Ministério da Educação uma verba complementar de R$ 1.500 por aluno.

Os fiscais encontraram quase 130 mil alunos que não existem.

Turiaçu, cidade maranhense na região amazônica, recebeu quase R$12 milhões. Foi a cidade que declarou ter o maior número de escolas integrais. A prefeitura de Turiaçu informou ter mais de 7.500 alunos estudando em 63 escolas em tempo integral, mas por lá não tem nenhuma escola que ofereça esse tipo de ensino.

Clique aqui e veja a reportagem completa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo