9 de jan. de 2024

Fraudes no EJA: prefeito de Turiaçu diz que aluno se matricula, mas pode não frequentar aula

O prefeito de Turiaçu, Edésio Cavalcanti (Republicanos), divulgou em grupos de WhatsApp um confuso áudio após reportagem do Fantástico apontar sua gestão como foco deum suposto esquema de fraude em matrículas no programa de Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Num trecho ele diz que não aceita bandalheira na gestão, em outro diz que confia na secretária de Educação, Graciete Santos Ferreira, mas a seguir diz que não responde pela pasta – isso depois de afirmar que “não exist verdade” na reportagem.

“Se, no ano que falta [para o fim da atual gestão], alguma coisa irregular acontecer, em secretaria A ou B, eu provo que não tive participação”, disse.

De acordo com o Fantástico, Turiaçu recebeu quase R$12 milhões para o programa e a prefeitura informou ter mais de 7.500 alunos estudando em 63 escolas em tempo integral. “Mas por lá não tem nenhuma escola que ofereça esse tipo de ensino”, diz o programa televisivo.

O prefeito, contudo, diz que há alunos que se matriculam, mas podem não querer frequentar as aulas.

Por fim, ele acusa a oposição de haver pago pela matéria no Fantástico. “É uma coisa eu deixa cada bvez mais claro o desespero da oposição”, completou.

Ouça:

Publicado 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo