1 de jan. de 2024

Saiba quem eram os 4 jovens encontrados mortos em uma BMW

Quatro jovens, entre 16 e 24 anos, foram encontrados mortos em uma BMW, em Balneário Camboriú (SC). Os corpos foram localizados na manhã desta segunda-feira (1°/1).  As vítimas foram identificadas como Gustavo Pereira Silveira Elias (24 anos), Tiago de Lima Ribeiro (21), Karla Aparecida dos Santos (19) e Nicolas Oliveira Kovaleski (16).

De acordo com a Polícia Militar, os corpos encontrados em uma BMW, no estacionamento da rodoviária de Balneário Camboriú, não apresentavam sinais de violência.

De acordo com o NSC Total, Gustavo, Karla e Nicolas são naturais de Paracatu (MG), enquanto Tiago era natural de Patos de Minas (MG). O grupo morava em Florianópolis (SC) há cerca de um mês, de acordo com a Polícia Civil.

Nesta segunda, a Prefeitura de Paracatu decretou luto oficial de um dia em razão das mortes ocorridas em Balneário Camboriú (SC).

Informações preliminares dão conta que os jovens teriam permanecido dentro do carro com o ar-condicionado ligado. Como informou o NSC Total, parceiro do Metrópoles, a perícia no BMW 320iA indicou que havia uma perfuração na ligação entre o painel e o escapamento.

A principal tese da polícia é que os jovens teriam morrido por intoxicação. As investigações estão a cargo da Polícia Civil do Estado de Santa Catarina.

O delegado Bruno Effori, da Polícia Civil, disse ao site G1 que o vazamento teria sido causado por uma falha mecânica. “A perícia apontou uma perfuração no escape entre o motor e o painel do automóvel, e que teria vazado monóxido de carbono para dentro do veículo, o que teria causado asfixia e parada cardiorrespiratória nos ocupantes”, afirmou.

Uma outra mulher estava com o grupo no carro, mas ela conseguiu pedir ajuda.

De acordo com a jovem, eles tinham ido assistir aos fogos de Ano Novo em Balneário mas, como havia muito trânsito para voltar, decidiram aguardar na rodoviária.

Tontura, enjoo, sangramento

Aos poucos, a polícia começa a esclarecer as circunstâncias envolvendo a morte de quatro jovens em Balneário Camboriú (SC) na manhã desta segunda-feira (1º/1). O relato de uma mulher que estava com o grupo aponta que as vítimas — de 16, 19, 21 e 24 anos —, relataram tontura, enjoo e até sangramento pouco antes de perderem a vida. Uma perícia deve apontar a causa dos óbitos.

A mulher contou ter ido de Brasília para encontrar o namorado, que estava na BMW. Era por volta das 3h15min quando o grupo chegou para buscá-la, já relatando um mal-estar. Como o trânsito estava intenso para conseguir ir a Florianópolis, onde estavam, teriam decidido ficar no estacionamento da rodoviária até que se sentissem melhor.

Segundo relato da mulher à Polícia Militar, o carro teria ficado com o ar-condicionado ligado e os quatro jovens dentro. Ela teria optado por ficar do lado de fora, mas, por três vezes, teria ido ao veículo ver se o namorado e os amigos tinham acordado. Por volta das 7h, a jovem percebeu que o companheiro estava sangrando pela boca. Foi quando pediu ajuda.

A equipe de socorro teria encontrado os quatro em parada cardiorrespiratória. Pessoas que estavam no local ajudaram a colocar as vítimas na calçada e por 40 minutos vários profissionais da saúde tentaram reanimar os jovens, mas sem sucesso. Todos morreram antes de serem levados ao hospital. Um exame devem apontar de fato o que provocou os óbitos.

O carro passou por perícia e uma análise preliminar teria indicando uma perfuração no veículo jogando monóxido de carbono para dentro da BMW, segundo a Polícia Civil. A PM disse que não encontrou drogas ou bebida alcoólica no carro e acredita em morte acidental.

Veja a reportagem abaixo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo