15 de fev. de 2024

Feriado prolongado de Carnaval termina com quatro mortes nas rodovias federais do Maranhão; veja mais detalhes

Acidente com duas mortes na BR-135.
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encerrou a "Operação Carnaval 2024" às 23h59 desta quarta-feira (14) após seis dias de intensa fiscalização nas rodovias federais que cortam o estado do Maranhão. Os flagrantes de condutores realizando infrações e transitando com excesso de velocidade chamaram a atenção negativamente durante mais um feriado. A Operação Carnaval 2024 é parte integrante da Operação Rodovida 23/24 e foi executada em todo o Brasil com o objetivo de garantir a segurança viária nos deslocamentos dos usuários pelas rodovias federais.

Como é comum em feriados prolongados, a expectativa de um aumento significativo no movimento nas estradas se torna natural, elevando consideravelmente o fluxo de veículos e, por conseguinte, aumentando o risco de acidentes. Diante desse cenário, a PRF adotou diversas medidas estratégicas de prevenção e fiscalização durante o período do Carnaval, concentrando esforços nos pontos identificados como mais críticos. Durante todo o período da Operação Carnaval 2024, a PRF fiscalizou mais de 2.100 veículos e aproximadamente 3.000 pessoas. Além disso, 1.635 testes de alcoolemia foram realizados e mais de 340 pessoas participaram ativamente de nossas ações educativas desenvolvidas ao longo dos seis dias.


Apesar dos esforços policiais empreendidos, a imprudência persiste como uma triste protagonista nos acidentes de trânsito. Casos de embriaguez ao volante, excesso de velocidade e ultrapassagem proibida foram responsáveis por acidentes com vítimas nas rodovias federais no Maranhão. No total, foram registrados 20 acidentes com 18 feridos e quatro óbitos.

Durante os seis dias, mais de 3.700 infrações de trânsito foram flagradas, um aumento em mais de 100% em comparação com a Operação Carnaval 2023, quando foram registradas 1.695. Dentre as infrações mais cometidas no Carnaval 2024, mais de 1.500 foram por excesso de velocidade. Houveram registros de veículos sendo conduzidos a mais de 200km/h, em rodovia de pista simples com velocidade máxima permitida de 100km/h. Além disso, 333 motociclistas foram autuados por estarem sem capacete, 299 motoristas pela não utilização do cinto de segurança e 182 por realizarem ultrapassagens proibidas.

Acidentes com óbitos

- Sexta-feira (09) - dois óbitos: Caminhonete saiu de pista e colidiu com árvore, na BR-135, próximo à São Mateus do Maranhão (saiba mais). 

- Domingo (11) - um óbito: Um automóvel capotou no km 05 da BR-135, em São Luís. Os primeiros levantamentos apontam que o condutor não usava o cinto. Ele morreu no local (saiba mais).

- Domingo (11) - um óbito: Uma colisão frontal envolvendo um Jeep/Renegade e uma motocicleta, na BR-010, em Açailândia. O motociclista veio a óbito no local (saiba mais).

Fonte: PRF.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo