19 de fev. de 2024

Um casal foi assassinado a tiros dentro de casa, na cidade de Ribamar Fiquene


Um casal foi assassinado a tiros dentro de casa, na cidade de Ribamar Fiquene, a 680 km de São Luís. Um menino de três acabou sendo baleado no pescoço. Vários envolvidos na ação criminosa foram presos pela polícia.

As vítimas foram identificadas como Clayton Ferreira Matos, de 45 anos, e Rosângela Mendes Delfino, de 47 anos. A residência do casal já teria sido usada como “boca de fumo” (local de venda de drogas).

Segundo informações policiais, Rosângela segurava o menino, que era seu filho de criação. Ele foi encaminhado ao hospital da cidade de Imperatriz. Não há informações sobre o estado de saúde da criança.


Após o crime, a polícia iniciou as investigações e conseguiu prender sete pessoas, que foram apresentadas na noite desse sábado (17) no Plantão Central de Imperatriz. Todas são suspeitas de envolvimento no duplo homicídio e tentativa de homicídio.

Entre os presos, estão os executores, que confessaram o crime à polícia e disseram que a mulher usou o bebê como escudo. Outras pessoas foram presas por participarem da fuga dos suspeitos.

A operação contou com o reforço de policiais do Grupo de Operações Especiais (GOE) de Imperatriz e do Centro Tático Aéreo.

Após as autuações em flagrante, os envolvidos na ação criminosa foram encaminhados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo