30 de mar. de 2024

Maranhão já tem 10 cidades em situação de emergência por causa da cheia dos rios

 

Cheia dos rios no Maranhão afeta famílias.
O Maranhão chega a dez cidades que decretaram situação de emergência por causas das fortes chuvas que têm causado aumento do nível de rios, provocando alagamentos e enchentes. Os municípios afetados são: Formosa da Serra Negra, São Roberto, São João do Sóter, Tuntum, Monção, Pindaré-Mirim, Conceição do Lago Açu, Trizidela do Vale, Lago da Pedra e Lagoa Grande.

A Defesa Civil do Estado informou que no Maranhão já tem 597 famílias desabrigadas e 1.313 desalojadas por causa das cheias dos rios. As cidades mais afetadas são Pedreiras e Trizidela do Vale, localizadas na região do Médio Mearim.

Na capital São Luís, 72 áreas de risco estão sendo monitoradas pela Defesa Civil Municipal. Como é o caso do bairro Salinas do Sacavém. No bairro, localizado em São Luís, tem diversos pontos com diferentes riscos provocados pelas fortes chuvas, e entre os riscos estão deslizamentos, alagamentos e, inclusive, desmoronamentos.

Segundo os meteorologistas, o índice de chuvas no Maranhão está dentro da normalidade. “As chuvas foram bem distribuídas este mês e aqui na capital ainda não chegou a bater o índice esperado para o mês todo, que é de 456 milímetros e até o momento nós estamos com 339. Durante o mês de abril as chuvas tendem a diminuir a frequência e intensidade no setor Sul do estado do Maranhão, porém aqui no setor Norte as chuvas devem ser da mesma magnitude de como foi e está sendo neste mês de março”, explicou o meteorologista Gunter de Azevedo Reschke.

Do Imirante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo