Autor de feminicídio vivia “tranquilamente” com a filha após enterrar ex no quintal

 



Raimundo Maciel da Costa, homem que confessou ter assassinado e enterrado sua ex-esposa no quintal de casa em Paço do Lumiar, vivia tranquilamente há mais de uma semana, sem se preocupar com o crime que cometeu.

Segundo a Polícia Civil, através do Departamento de Feminicídio, Raimundo da Costa alegou que Geyciane Martins de França morreu quando bateu a cabeça ao chão após um empurrão do ex-marido. Segundo as investigações, o crime teria ocorrido no dia 10 de abril.

“Primeiro a vítima teria tentado agredi-lo e no momento em que ele empurrou a vítima, a mesma teria caído e batido com a cabeça no chão, vindo a óbito”, explicou a delegada titular da Casa da Mulher Wanda Moura

“Então ele teria resolvido enterrar o corpo numa cava rasa lá no quintal da própria casa e continuou agindo como se nada tivesse acontecido. Ele fingiu buscas de notícias da vítima e como a vítima não teria aparecido para pegar a filha porque ela já estava morta, ele já tinha matado, ele pegou a filha e passou a cuidar daquela criança”. Delegada Wanda Moura

Após a descoberta do crime, Raimundo Maciel da Costa foi autuado em flagrante por ocultação de cadáver. Raimundo da Costa está preso preventivamente por feminicídio.

Postar um comentário

0 Comentários