10 de jan de 2018

Assassinato de músico em São Luís completa um mês e criminoso continua foragido; até quando Jefferson Portela?

JJ Menezes foi assassinado há um mês.
Um mês se passou desde o assassinato do empresário e músico José de Jesus Menezes dos Santos Junior, mais conhecido como JJ, de 31 anos, e até agora a polícia não conseguiu prender o principal suspeito do crime.
Fernando Veiga, vulgo “Fernandinho dos Perfumes”, foi identificado por várias testemunhas e já foi qualificado pela Polícia como o autor dos disparos que resultou na morte de JJ.
O motivo do crime foi uma discussão entre os dois em um grupo de WhatsApp. Saiba mais aqui
Ocorre que mesmo identificado, o criminoso, que é morador da Cohab e possui passagens no sistema por porte ilegal de arma, ameaça, posse de drogas e violência doméstica, segue usufruindo da vida e em liberdade, enquanto os familiares e amigos da vítima continuam sofrendo e clamando por justiça.
O descaso que a Secretaria de Segurança do Estado, comandada por Jefferson Portela, vem tendo com o crime reflete, também, a importância que dão aos casos quando a vítima, por exemplo, não é parente de rico ou de pessoas influentes politicamente no Maranhão.
A situação vergonhosa, infelizmente, é apenas mais uma das várias enfrentadas por maranhenses que têm a morte de seus familiares esquecidos pelo poder público. É lamentável!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo