8 de nov de 2018

Piauí: mãe é suspeita de matar gêmeos recém-nascidos após jogá-los no mato

Uma mulher identificada como Hildelene de Sousa Lima, 26 anos de idade, foi denunciada pelo Conselho Tutelar, acusada de ter jogado dois filhos recém-nascidos em uma região de mato para ocultar a gravidez.
O caso aconteceu na zona rural  da cidade de Curralinhos e segundo informações da família, Hildelene adentrou na mata próximo à residência quando entrou em trabalho de parto, onde teria deixado os recém-nascidos.
Apesar de sempre negar a gravidez, Hildelene comentou com a família que ela teria sofrido um aborto espontâneo.
A mãe dela a viu voltar estranha da mata, correndo, ensanguentada e foi direto para o banheiro. Sem saber o que estava acontecendo, a dona de casa pediu para seu outro filho ir até o local na tentativa de descobrir o que estava acontecendo. Para surpresa de todos, lá foi encontrado um casal de gêmeos enrolados em uma toalha.

Os fetos foram recolhidos pelo Instituto de Medicina Legal onde serão periciados. Hildelene e sua mãe foram internadas no hospital da cidade de Demerval Lobão.
Familiares desconfiam que ela teve um parto natural, e para manter a mentira, resolveu matar as crianças e planejado voltar para enterrá-las depois. Ela usava duas cintas para esconder a barriga.
A mãe estava no oitavo mês de gestação, aproximadamente.
A juíza da Comarca de Demerval Lobão, Dra. Maria da Paz e Silva Miranda, expediu mandado de prisão contra Hildelene de Sousa Lima. A prisão foi efetuada por policiais militares por volta das 19h30 desta quarta-feira (07/11).

Segundo caso semelhando em dois dias
Na cidade de Cocal, uma jovem que também escondeu a gravidez, abortou e tentou velar o cadáver do recém nascido, mas o velório foi interrompido pela polícia para que fosse feita a perícia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo