26 de mar de 2017

Maranhense de Matões do Norte é morta a facadas em Campinas SP

Uma maranhense de 36 anos foi assassinada a facadas na cidade paulista de Campinas. A mulher é natural de Cantanhede e seus pais moram em Matões do Norte onde o corpo deve ser sepultado. A vitima morava há cerca de seis anos em Campinas (SP).

Edna Maria da Silva de Sousa, foi morta na tarde de quinta-feira (23), dentro de um ônibus da linha 197 (Jardim Marisa), em Campinas (SP), e teve o corpo abandonado na altura do Km 86 da Rodovia Engenheiro Miguel Melhado Campos (SP-324). Edna foi atingida com cerca de 14 facadas no tórax e nas costas. 

O corpo da vitima foi encontrado graças a uma testemunha que viu o veículo fazendo o retorno e abandonando corpo no local. Após a denuncia, policiais foram até o local onde encontraram a vitima ainda com vida, socorrida ela não resistiu e morreu antes de chegar ao hospital. O ônibus onde ocorreu o crime foi localizado pela policia na garagem da empresa. 

O principal suspeito de assassinar Edna Maria é o motorista do ônibus, ele está foragido, tem entre 55 e 60 anos e é casado. Ele teria retornado para a garagem da empresa mais cedo alegando que o veículo apresentava problemas mecânicos, em seguida teria lavado o ônibus e desaparecido. No interior do veiculo foi encontrado vestígios de sangue. Um outro detalhe é que segundo informações do GPS acoplado no veículo, o ônibus teria saído do trajeto pré-estabelecido pela linha. 

A vítima era casada, e o marido havia registrado boletim de ocorrência de desaparecimento na manhã de sexta-feira (24). O caso foi registrado na 2ª Delegacia Seccional de Campinas como homicídio simples.

Edna Maria da Silva de Sousa, deixa um filho de 15 anos, o corpo deve chegar na terça-feira em Matões do Norte onde deve ser velado e sepultado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo