3 de jun de 2017

Presidente do PSDC foi preso pela PF em São Luís

O presidente do PSDC no Maranhão, Antônio Aragão, foi preso hoje (2) pela Polícia Federal durante a deflagração da Operação Rêmora.
Além de dirigente partidário, ele era presidente do Instituto de Desenvolvimento e Apoio à Cidadania (IDAC), organização social sem fins lucrativos que tem contrato com a Secretaria de Estado da Saúde (SES) do Maranhão e que, de acordo com as investigações, desviou R$ 18 milhões.
No total, segundo apurou o Blog do Gilberto Léda, desde 2015 o instituto de Aragão já recebeu quase R$ 200 milhões do Governo Flávio Dino (PCdoB), sempre em recursos do Fundo Estadual de Saúde (FES). Na gestão passada os repasses ultrapassaram R$ 100 milhões (saiba mais).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contador

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo